Marketing Digital - 17/05/2020 - 15:48

O que é growth hacking?

O que é growth hacking?

Growth hacking é um termo recente no mundo do marketing, onde seu maior objetivo é fazer o negócio crescer de maneira muito rápida focado na eficiẽncia e entrega de resultados.

O termo foi cunhado pelo americano Sean Ellis, um investidor anjo de startups que devido a sua experiência neste mercado conseguiu conceituar e isolar uma nova linha de pensamento, onde o marketing é completamente focado na experimentação,  buscando o crescimento agressivo com o menor investimento possível. Sendo aplicada originalmente em startups que se tornaram grandes empresas como Dropbox e Eventbrite.

criação do growth hacking foi algo natural uma vez que ele se deu em um ambiente onde prototipagem é algo muito comum, testes e experimentação faz parte do dia a dia, onde os investimentos com marketing precisam ser precisos para trazer novos clientes pagantes para desenvolver e crescer o negócio que está muitas vezes em sua fase embrionária testando um potencial mercado ainda.

O que é Growth Hacking?

Basicamente é uma nova forma de ver o marketing de maneira diferente, focado em estratégias de experimentação de estratégias e com isso conseguir identificar pontos cruciais nos canais no crescimento do negócio.

O termo growth em portuguẽs significa “crescer ou crescimento” e o termo “hacking” pode significar “uma modificação/ adaptação” basicamente é quebrar as regras do crescimento e reescrevê-las com um método pouco ortodoxo buscando sempre o menor custo com o melhor resultado.

Estes pontos cruciais são baseados em indicadores de performance os famosos KPI (key perfomance indicators, em inglês) onde é possível acompanhar visualmente as realizações e metas do negócio, baseado nisso tomar as melhores decisões.

Por exemplo, no caso de uma loja virtual um dos principais KPI é a quantidade de vendas realizadas e qual a média que o mesmo cliente já comprou e no caso de um aplicativo é a quantidade de interações e downloads, enfim cada negócio possui seus próprios indicadores que determinam sua performance, sendo neste momento onde entram as estratégias de growth hacking.

growth hacking determinar que uma estratégia deve ser desenvolvida para ampliar a performance deste indicador, gerando resultados que podem ser acompanhados e mensurados além é claro de ter um foco muito bem definido.

No final o grande diferencial é o foco quase que obsessivo de fazer tudo de forma rápida e com o menor custo possível, para conseguir o máximo de informação e conseguir isolar um modelo que tenha comprovação de resultados, este é o principal objetivo conseguir encontrar “brechas” para crescer de maneira rápida com o menor custo possível.

Mas como funciona?

O growth hacking é um processo metódico e pragmático muitas das vezes para conseguir fazer com que o experimento entregue uma quantidade ideal de informações, e apenas com um processo muito bem definido isso é possível.

Por isso não adianta muito “sair” experimentando um monte de coisa sem entender o método e o processo, e para isso o ideal é seguir as quatro etapas definidas no método.

1. Encaixe do Produto no Mercado

Aqui vem o básico a criação de um produto que tenha um público que realmente queira usar, um produto que tenha “fit” - encaixe com o mercado e suas exigências.

Ao sentar e analisar o mercado e o produto desenvolvido é possível entender por que muitas empresas acabam consumindo tempo e recursos em produtos focados em públicos totalmente errados, sem nem ao menos entender a necessidade de seu público e qual o valor real do produto.

E na realidade não é necessário criar um produto disruptivo que vai mudar tudo, simplesmente definir um produto que resolva o problema melhor ou mais rápido já é um grande diferencial no que já existe ou mesmo um produto que já é oferecido mas se houver uma pequena modificação, voilá! 

Ele encaixa melhor que o do concorrente e as vendas começam a fluir de maneira orgânica. Esta é a etapa para aprimorar, entender e buscar o melhoramento do produto perante o mercado.

2. Definindo os Hacks

Durante a segunda etapa o ideal é formular hipóteses, estratégias e experimentos que podem ser aplicados sempre levando em consideração os custos e a velocidade que esta estratégia vai levar para gerar resultados.

O mais importante aqui é entender os “porquês” e “comos” e deixar a imaginação fluir pois nesse momento que as melhores ideias são desenvolvidas.

3. Escalada Viral

Aqui o ideal é colocar em prática o que foi já definido e experimentar sempre visando o menor custo possível, e para isso a melhor maneira de conseguir tal escala é usar o principal ativo que uma empresa possui seus clientes!

Exatamente ao criar uma estratégia simples de trazer novos clientes onde quem indicou receba alguma recompensa é uma das abordagens mais simples mas que muitas empresa não fazem, perdendo grandes oportunidades de gerar novos clientes e assim aplicar o mesmo modelos e ir escalando de forma viral.

Claro que existem muitas outras estratégias e métodos mas por enquanto é interessante entender apenas que este é uma das etapas necessárias para aplicar um processo de growth hacking em um negócio.

4. Otimizar & Reter

Nesta etapa provavelmente o modelo está já trazendo resultado agora é o momento de ampliar otimizando cada vez mais os resultados já obtidos com foco em reter o cliente já existente para que ele traga nos clientes para base do negócio.

Neste momento testes, feedbacks e análise de dados cumprem uma função essencial. Você deve verificar as métricas (KPI)  para saber como os clientes estão usando seu produto, se eles estão voltando para usá-lo ou não e os motivos para que isso aconteça.

Para quem é recomendado?

growth hacking é recomendo para todas as empresas não importando o seu tamanho, nicho ou fatia de mercado!

Claro que são processos diferentes enquanto em uma pequena empresa com um produto apenas a movimentação possa ser mais dinâmica uma empresa maior pode levar um pouco mais de tempo para aplicação e implementação mas não é algo impossível e precisa ser difundido nas empresas.

Conclusão

Sinto que neste momento apenas dei uma pincelada por cima do que realmente é o growth hacking e de seu potencial para qualquer empresa, por isso a conclusão que posso chegar com este pequeno texto explicativo é que todas as empresas deveriam usar e abusar desta coletânea de estratégias para ampliar cada vez mais sua base de clientes e como consequência sua receita.


Gostou do que leu?
Nós avisaremos quando sair mais.

Tags e referências:

Talvez você também goste:

Campanha de Ativação - O que é e como você pode usar

Campanha de Ativação - O que é e como você pode usar

O que uma Consultoria SEO faz?

O que uma Consultoria SEO faz?

SEO - Seu parceiro de vendas

SEO - Seu parceiro de vendas